Mês: agosto 2019

Carteiras, bolsas e clutchs para Festa

Usar ou não usar carteira/bolsa/clutch? Muitas mulheres tem esta dúvida sobre o uso das carteiras em festas.

> É obrigatório para madrinhas? e para formatura?

Bom, primeiro vamos partir do princípio de que carregar alguns pertences como documento, celular, dinheiro/cartão, um batom e um lencinho (se você for da turma das choronas), é um mal necessário. Por tanto qualquer mulher que vá a uma festa precisa carregar suas coisas, e usar uma bolsa grande não é o mais adequado. É sempre mais elegante uma pequena carteira ou clutch, com ou sem alça. Ela vai complementar o look com mais delicadeza e elegância.

> Mas e as madrinhas? Devo estar com carteira/clutch no momento da cerimônia?

Sim! Normalmente as madrinhas entram de braços dados com seus parceiros e na outra mão devem estar segurando sua carteira ou clutch para não ficarem com as mãos vazias balançando. O mesmo serve para as mães dos noivos.

> E precisa ser da mesma cor do vestido?

Não precisa e em muitos casos nem deve. A carteira/clutch deve ser um complemento do vestido. Um ponto de luz, de destaque ou de sobriedade quando o vestido já é muita coisa.

> Precisa ser da mesma cor que o sapato?

Depende do você quer imprimir. Se a ideia é um look clássico e sofisticado, carteira e sapato da mesma cor (e mesmo material) é o ideal. Mas se o que você quer é um look mais fashion e criativo, e seu vestido permite isso, pode usar sapato em tom que harmonize bem com o tom do seu vestido e a carteira em destaque em uma cor bem diferente (desde que os tons fiquem harmônicos).

O importante é olhar o todo e sentir que tudo se completa: vestido, sapato e carteira/clutch.

Na Durval você encontra os modelos mais elegantes de carteiras e clutchs, com ou sem alça.

Rafaella Soares.

Reflexão

Ser noiva é tomar uma série de decisões super importantes.

– Que tipo de festa vai fazer (se vai ter festa, vai ter religioso?)- Buffet, campo ou praia?

– Qual o estilo do vestido?

– E a comida?

– Vamos convidar aquela parte da família que mora em outra cidade?- Cabelo preso ou solto?

– Salto alto ou baixo?

Enfim, as decisões são muitas (muitas mesmo!) e nesta fase o que não faltam são opiniões. É a tia que acha que casamento sem religioso não é casamento, é madrinha que acha o vestido de noiva TEM que ser princesa, aquela amiga que já casou e acha que só o jeito dela de fazer casamento é o certo, os pais que querem convidar a filha do cunhado do vizinho… nós sabemos… não é fácil!

E como se não bastasse tudo isso ainda somos soterradas por uma verdadeira montanha de informações, fotos maravilhosas do pinterest, a influencer que fez aquele casamento super inspirador… e ai fica difícil não dar uma pirada neh?

Acabamos com 35 pastinhas no celular: uma para vestidos, uma de decoração, outra de cabelo, maquiagem. Todas recheadas de fotos de tudo que gostamos e com uma baita dificuldade de tomar uma decisão.

Mas você já se perguntou o que realmente faz sentido para você? Quando digo para você, não estou dizendo das suas preferências e sim você mesmo! Seu cabelo, seu corpo, seu bolso…

No meio de toda esta bagunça é importante que a noiva pare, respire e pense: O que eu quero realmente? E o que eu posso, o que faz sentido para mim?

Se a gente não para para fazer esta reflexão acabamos levadas por esta correnteza das opiniões e inspirações alheias que no final, pode não ter nada haver com você.

Por isso ame cada detalhe do seu casamento, cada escolha! Trace sua diretriz e siga por ela.

Tenho certeza que no final você será uma noiva completamente realizada.

Texto: Rafaella Soares

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Scroll Up